Polo UAB forma 24 especialistas em tecnologias educacionais para a prática docente no ensino da saúde na escola

Ofertado em parceria com a Fiocruz, o curso atraiu alunos dos estados de São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraíba e do próprio Paraná

{"autoplay":"false","autoplay_speed":"3000","speed":"300","arrows":"true","dots":"true"}

No último final de semana, 24 alunos da pós-graduação em Tecnologias Educacionais para a Prática Docente no Ensino da Saúde na Escola apresentaram seus trabalhos finais e receberam os certificados de conclusão no polo de apoio presencial (Polo UAB) de Apucarana.

Ofertado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), o curso propiciou aos alunos, em sua maioria professores da educação básica e profissionais da saúde que exercem atividades no ensino, uma reflexão crítica sobre a apropriação da tecnologia no fazer docente e a  relação entre saúde e educação.

As professoras Carla Moura Cazelli, Cynthia Conceição Schmidt Campanat, Nadia Nascimento e Marcelle Costa Marinhoi vieram do Rio de Janeiro especialmente para ministrar as atividades práticas e avaliar a apresentação das bancas.

A coordenadora do Polo UAB, Sueli Gomes Reis Gonçalves, destacou a qualidade dos cursos da Fiocruz que costumam atrair estudantes de diversas regiões. “Essa instituição trabalha com as chamadas metodologias ativas, o que consideramos um grande avanço na educação. O grupo que concluiu a especialização no sábado era composto por alunos oriundos dos estados de São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraíba e do próprio Paraná,” detalhou.

Compartilhe