Município e Estado discutem políticas de geração de emprego

A equipe do governo do Estado veio conhecer alguns programas, como o Terra Forte, a Rede de Economia Solidária, oferta gratuita de cursos profissionalizantes e também o processo de atualização do Plano Diretor de Apucarana (Foto: Profeta)

{"autoplay":"false","autoplay_speed":"3000","speed":"300","arrows":"true","dots":"true"}

Diretores da Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho (SEJUF) estiveram nesta quinta-feira (11/04) em Apucarana, quando se reuniram com o prefeito Junior da Femac. Além da apresentação da equipe de trabalho, os representantes do governo do Estado também vieram conhecer detalhes de algumas políticas públicas de geração de emprego e renda desenvolvidas em Apucarana.

Estiveram presentes no encontro Ederson Colaço, diretor do Departamento do Trabalho e Estímulo à Geração de Renda, Heverton Diniz, coordenador de Gestão de Empregos, Ivan Guimarães, coordenador de Qualificação Profissional, Anderson Miranda, assessor de Qualificação Profissional, e o supervisor técnico João Edison de Miranda, além de Juliana Eliza da Silva, chefe do escritório regional da SEJUF. Durante o encontro, Junior da Femac esteve acompanhado pelo secretário municipal de Indústria e Comércio, Edison Estrope, e pelo gerente da Agência do Trabalhador, Rodrigo Lievore.

A equipe do governo do Estado veio conhecer alguns programas, como o Terra Forte, a Rede de Economia Solidária, oferta gratuita de cursos profissionalizantes e também o processo de atualização do Plano Diretor de Apucarana. “O Brasil tem passado por uma crise econômica e Apucarana tem buscado, através desses programas, ajudar as pessoas que precisam de emprego e de renda”, ressalta Junior da Femac.

Junior da Femac afirma que Apucarana já capacitou gratuitamente mais de 16 mil pessoas desde 2013. “Primeiro, através do Pronatec, e depois adquirindo cursos do Senac, Senai, Senat e Senar. Desenvolvemos aqui, com certeza, o maior programa de qualificação profissional do Estado do Paraná”, frisa.

O prefeito de Apucarana também apresentou números de outros programas. “O Terra Forte tem a participação de cerca de 300 produtores rurais e a Rede de Economia Solidária tem mais de 900 mulheres. Já a atualização do Plano Diretor, que promoveu por exemplo mudanças na verticalização urbana, permitiu uma expansão da construção civil de tal maneira que hoje temos mais de 20 prédios em construção”, pontua.

A Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho pretende estreitar a relação com os municípios. “O governador Ratinho Junior, através do nosso secretário Ney Leprevost, determinou que a gente trabalhe forte junto aos municípios. Aqui em Apucarana , viemos conhecer experiências com a intenção de, a partir daquilo que deu certo, desenvolver políticas públicas no âmbito do Estado”, observa Colaço.

A equipe do governo do Estado também apresentou novos programas e ações, como o aplicativo Paraná Serviços. “É um mecanismo de auxílio que visa conectar o prestador de serviço ao contratante. Pelo aplicativo, quem busca serviços autônomos – como de pedreiro, manicure, cabeleireiro, marceneiro, entre outros – poderá ter acesso rápido a esses profissionais, pedindo orçamentos e fechando a contratação”, explica Colaço.

Compartilhe