Apucarana qualifica mais 638 profissionais no segundo semestre

No período entre 2013 e 2018, a gestão do prefeito Beto Preto adquiriu 166 diferentes cursos profissionalizantes com o Senac e Senai, o que representa um investimento na ordem de R$900 mil (Foto: Profeta)

{"autoplay":"false","autoplay_speed":"3000","speed":"300","arrows":"true","dots":"true"}

O Centro de Qualificação Total da Secretaria Municipal da Assistência Social realizou na noite de sexta-feira (30/11), no salão nobre da Prefeitura de Apucarana, a formatura de 638 pessoas que concluíram cursos profissionalizantes ao longo do segundo semestre. Adquiridos pelo município junto ao Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) – 432 vagas, Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) – 116 vagas e Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) – 90 vagas, as oportunidades foram oferecidas gratuitamente à população pela prefeitura, que também certificou formandos de cursos disponibilizados diretamente pelo Centro de Qualificação Total por intermédio dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) e Centro da Juventude de Apucarana.

“A exemplo do primeiro, o nosso centro de qualificação não parou neste segundo semestre. Foram disponibilizadas vagas em diversos cursos”, relata Miguel Luis Vilas Boas, diretor de Qualificação Profissional da Prefeitura de Apucarana. Ele frisa que o investimento na aquisição de cursos junto ao Senac ao longo do período 2017/2018 foi na ordem de R$274 mil. Já com cursos do Senai o investimento totalizou R$101.980,00. “No período entre 2013 e 2018, a gestão do prefeito Beto Preto adquiriu com esses dois serviços 166 diferentes cursos profissionalizantes, o que representa um investimento na ordem de R$900 mil”, detalha Vila Boas.

Os cursos contratados junto ao Senai no segundo semestre deste ano foram: costura industrial de camisetas; introdução a serralheria; noções de mecânica de motocicletas; noções de mecânico automotivo; curso de operador de pá-carregadeira; e mecânico de máquina de costura industrial. Já os contratados com o Senac no período foram: decoupage; técnicas de patchwork, preparo de pães e bolachas; panetones, bolos e roscas natalinas; design de sobrancelhas; preparo de docinhos; auto maquiagem; unhas decoradas; mulher: um toque de beleza e auto-estima; comportamento e ética profissional; e excelência no atendimento/setor público. Já os cursos pelo CIEE foram: auxiliar administrativo; e dicas de entrevista.

Na última sexta-feira, ao participar da formatura de mais algumas turmas, totalizando duzentos formandos, o prefeito Beto Preto lembrou que, no início do seu primeiro mandato, Apucarana foi campeã de oferta de cursos pelo Pronatec, superando inclusive Londrina e Curitiba. “Com o fim do Pronatec decidimos continuar ofertando cursos profissionalizantes sem custo para os apucaranenses, por que enxergamos na qualificação, um caminho seguro para ampliar a empregabilidade dos trabalhadores”, comentou Beto Preto.

Compartilhe