Servidores da Saúde se despedem de técnica de enfermagem com homenagem

Vítima de complicações da Covid-19, Silvana da Silva Belasco trabalhava na linha de frente no combate a pandemia do novo coronavírus

{"autoplay":"false","autoplay_speed":"3000","speed":"300","arrows":"true","dots":"true"}

Servidores da saúde e familiares prestaram uma última homenagem à técnica de enfermagem Silvana da Silva Belasco, que faleceu hoje, aos 45 anos, vítima de complicações da Covid-19. O ato, marcado por muita emoção, aconteceu em frente ao prédio da Autarquia Municipal de Saúde, onde o carro funerário ficou parado por alguns instantes, seguindo os protocolos de prevenção da pandemia.

Após um momento de oração e salva de palmas, aconteceu estouro de balões. “Nos últimos 10 meses, a Silvana dedicou sua vida profissional no atendimento das quase 20 mil pessoas que passaram pelo Pronto Atendimento do Coronavírus do município. Foram 17 anos como servidora da Autarquia de Saúde sempre atuando com dedicação e respeito aos usuários da saúde pública de nossa cidade”, afirmou o diretor presidente da AMS, Roberto Kaneta.

Essa valorosa técnica de enfermagem, era uma das guerreiras no enfrentamento diário da pandemia. Lutou pela vida de vários apucaranenses e agora, infelizmente, acabou perdendo sua vida”, lamentou o prefeito Junior da Femac.

Servidora pública da Autarquia Municipal de Saúde há 17 anos, Silvana trabalhava no Centro de Especialidades, no ambulatório de feridas. Em março do ano passado passou a compor a equipe de saúde do Pronto Atendimento do Coronavírus, atuando na linha de frente da pandemia no município.

Diagnosticada com a Covid-19, no dia 25 de dezembro ela foi internada no Hospital da Providência. Em decorrência do agravamento dos sintomas foi transferida para UTI e entubada. Silvana deixa o marido e três filhos. O sepultamento ocorreu às 16 horas no Cemitério Cristo Rei.

Compartilhe