Saúde e Assistência Social realizam mobilização de prevenção ao suicídio

Atividades na Praça Rui Barbosa alertam população para o grave problema de saúde pública

{"autoplay":"false","autoplay_speed":"3000","speed":"300","arrows":"true","dots":"true"}

Com uma estatística de 12 suicídios em 2018 e 10 neste ano no município, a Autarquia Municipal de Saúde (AMS) de Apucarana, através do Departamento de Saúde Mental, realizou hoje uma mobilização em alusão ao Dia Mundial de Prevenção do Suicídio (10 de setembro).

As atividades, também organizadas em parceria com a Secretaria de Assistência Social, se concentraram na Praça Rui Barbosa e a programação teve balões decorando os espelhos de água em frente às escadarias da Catedral Nossa Senhora de Lourdes e flores amarelas de papel nos canteiros ao lado da catedral.

Também foi promovida uma blitz amarela com distribuição de fitas amarelas para os motoristas que passavam pela Praça Rui Barbosa. Para encerrar houve soltura de 12 balões amarelos representando o número de mortes por suicídio em Apucarana, em 2018.

“O mês de setembro é utilizado mundialmente para prevenção do suicídio. Uma questão de saúde pública, nove em cada dez destas mortes poderiam ser evitadas, pois a pessoa passava por um transtorno mental naquele momento e não recebeu a ajuda a tempo”, afirma a psicóloga do Departamento de Saúde Mental da AMS, Karinne Mareze Carleto.

A rede pública de saúde mental de Apucarana oferece cuidado integral ao usuário através do Centro de Atendimento Psicossocial Infanto Juvenil de Apucarana (CAPS IJ), Centro de Atendimento Psicossocial de Apucarana Álcool e Drogas (CAPS AD), CAPS do Vale do Ivaí “Nova Mente”, em Cambira; e ainda através do ambulatório do Departamento de Saúde Mental da AMS.

Os pacientes que necessitarem de atendimento na área de saúde mental devem procurar a Unidade Básica de Saúde de seu bairro. Em seguida são encaminhados ao Departamento de Saúde Mental da AMS, onde serão agendadas as consultas com psicólogo e psiquiatra, de acordo com a necessidade de tratamento de cada um.

 

 

 

 

Compartilhe