Sala do Empreendedor recebe prêmio de referência em atendimento

Espaço realizou a formalização de 445 empresas e fez 61 operações de crédito que totalizaram R$ 846 mil (Foto: Josias Profeta)

{"autoplay":"false","autoplay_speed":"3000","speed":"300","arrows":"true","dots":"true"}

O Sebrae/PR concedeu à Sala do Empreendedor de Apucarana o selo de prata no Prêmio Referência em Atendimento. O objetivo da certificação é reconhecer a rede de parceiros pelo desempenho no atendimento aos microempreendedores individuais (MEIs), na promoção da sustentabilidade e competitividade dos negócios. Em 2018, a Sala do Empreendedor de Apucarana realizou a formalização de 445 empresas, fez 61 operações de crédito que totalizaram R$ 846 mil e prestou 9.164 atendimentos.

O prefeito de Apucarana, Junior da Femac, recebeu nesta sexta-feira (05/04) a premiação da equipe da Sala do Empreendedor e um relatório detalhado das atividades desenvolvidas. “Tivemos um avanço significativo. No ano passado, a Sala do Empreendedor recebeu o selo de bronze e na edição deste ano conquistou o selo de prata. Houve um aumento de 44,95% das formalizações e de 58,3% no valor das operações de crédito”, salienta Junior da Femac.

Em 2017, a Sala do Empreendedor intermediou a formalização de 307 empresas, número que cresceu para 445 no ano passado. Já o valor das operações de crédito aumentou de R$ 534 mil para R$ 846 mil no mesmo período. “E, desde 2013, quando iniciou a gestão Beto Preto, já foram liberados quase R$ 5 milhões em microcrédito”, ressalta.

O microcrédito disponibiliza recursos na faixa de R$ 300 até R$ 20 mil. “Dentro da nossa política de estender tapete vermelho para quem quer trabalhar e investir em Apucarana, nós iremos dar ainda mais condições para o desenvolvimento das atividades da Sala do Empreendedor”, assegura Junior da Femac.

Os atendimentos na Sala do Empreendedor são feitos pela coordenadora do espaço, Leila Barbosa Tonelli, que conta com o auxílio de Pedro Ferreira. “Além do crédito e das formalizações, atuamos na emissão da declaração anual, alterações de dados, alvará, impressão de CNPJ, entre outros atendimentos e orientações”, cita Leila.

A premiação do Sebrae avaliou questões como qualidade do atendimento e estrutura física, apresentação de soluções diversificadas para os empreendedores, planejamento, capacitação do atendente e cadastro de clientes, além de outros parâmetros de desempenho.

Compartilhe