Começa pavimentação de trecho do antigo lixão ao Contorno Norte

A projeção é de que os serviços durem pelo menos 60 dias, período em que o trecho vai estar interditado para o tráfego e usuários deverão buscar rotas alternativas (Foto: Profeta)

{"autoplay":"false","autoplay_speed":"3000","speed":"300","arrows":"true","dots":"true"}

Bastante aguardada por produtores rurais, moradores da Comunidade Rural do Barreiro e turistas que acessam a estrada para visitar pesque-pagues e chácaras da região, a Prefeitura de Apucarana iniciou nesta terça-feira (12/03) obras de drenagem de água pluvial e pavimentação asfáltica dos cerca de 620 metros lineares da Estrada Antônio José de Oliveira, em trajeto do antigo lixão até a ligação com o Contorno Norte. Autorizada recentemente pelo prefeito Júnior da Femac, a construção é de responsabilidade da empreiteira Romo Pavimentadora Ltda, vencedora da licitação, e vai absorver recursos na ordem de R$322.530,00, viabilizados pelo deputado Federal Aliel Machado através de intermediação do vereador Lucas Leugi.

O início dos trabalhos foi acompanhado pelo prefeito Júnior da Femac. Ele relatou que a estrada já é pavimentada no trecho que vai do Jardim Figueira e passa pela Colônia dos Novos Produtores. “Mas quando chega na altura do antigo lixão, o asfalto acaba. Um trecho de 620 metros que agora vamos concluir, encerrando com as dificuldades enfrentadas pelos usuários seja em dias secos, com o pó, ou dias chuvosos, com a lama”, destaca Júnior da Femac, frisando que trata-se de mais uma obra idealizada pela gestão do ex-prefeito Beto Preto. “Esta é uma região rural próspera em atrativos turísticos, com pesque-pagues e chácaras de lazer. Em breve também estará reativado o Parque Eco-religioso da Redenção, que está sendo revitalizado em parceria com a Diocese de Apucarana, sem contar com a Comunidade Rural do Barreiro que possui muitos moradores. A pavimentação deste trecho é mais um compromisso com a população concretizado pela gestão Beto Preto”, afirmou o prefeito.

Até a conclusão, os serviços vão alterar a rotina de quem precisa passar pelo local. “A projeção da empreiteira é de que os serviços durem pelo menos 60 dias. Durante todo este tempo o trecho vai estar interditado para o tráfego”, revela Herivelto Moreno, secretário Municipal de Obras. Além dos sitiantes, moradores do Barreiro e demais condutores que precisem passar pelo local, o ônibus do transporte coletivo também deverá buscar via alternativa para ter acesso ao Contorno Norte.

O prefeito Júnior da Femac, que é engenheiro civil, assinala que trata-se de uma obra de grande envergadura, que consiste na pavimentação asfáltica de nove metros de largura, por 620 metros de extensão, totalizando 5.394 metros quadrados. Também estão inclusos na execução a drenagem de águas pluviais e meio-fio em 1.240 metros lineares. “Neste momento que celebramos o início da aplicação dos recursos, quero mais uma vez agradecer ao deputado Federal Aliel Machado e ao vereador Lucas Leugi, que não mediram esforços para viabilizar a emenda parlamentar que financia esta importante obra viária para Apucarana”, concluiu o prefeito Júnior da Femac.

Compartilhe