Moradores do “Bela Vista e Novo Horizonte” aprovam nova iluminação

Os serviços de modernização com instalação de novas luminárias integram um pacote de obras no valor de R$ 2,6 milhões que estão atendendo vários bairros de Apucarana (Foto: PMA)

{"autoplay":"false","autoplay_speed":"3000","speed":"300","arrows":"true","dots":"true"}

Mais do que clarear caminhos ou destacar objetos, nos dias atuais a iluminação urbana está atrelada à segurança pública. Com investimentos na ordem de R$2,6 milhões, a Prefeitura de Apucarana, por intermédio do Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Idepplan), tem coordenado a modernização da iluminação pública em diversos bairros. Os serviços, que consistem na substituição de luminárias antigas vapor de sódio e mercúrio, por novas vapor metálico, são realizados por uma empresa especializada contratada por licitação e atualmente atendem ao Parque Bela Vista e Jardim Novo Horizonte com a renovação de 296 pontos.

A qualidade do serviço, executado com recursos da Contribuição de custeio da iluminação pública (Cosip), foi enaltecida pelo morador João Sérgio Pazini, que há 40 anos vive no Parque Bela Vista. “Estava precisando e fizeram um trabalho muito bem feito. Aqui passam muitas pessoas desconhecidas e era muito escuro, agora clareou como um campo de futebol. Colocaram mais quatro postes, agora minha rua ficou igual a uma do centro”, comparou Pazini.

Outra moradora, Olívia Pereira confirma que a nova iluminação modificou bastante o visual do bairro. “Ficou tudo mais bonito, a gente enxerga longe agora. Antes não enxergava ninguém, encontrava as pessoas e não reconhecia, via tudo turvo. A diferença é muito grande, ficou mais seguro andar nas ruas. Muito importante esse investimento da prefeitura”, avaliou a moradora.

O prefeito Júnior da Femac, que vistoria diariamente a execução dos serviços, lembra que dentro da gestão Beto Preto, iniciada em 2013, já haviam sido trocadas mais de 5 mil luminárias. “Iluminação pública é segurança, é direito do cidadão. Quando assumimos, a maioria da cidade tinha lâmpadas de vapor de mercúrio, que não ilumina nada e só gasta energia, agora estamos trocando mais de 4 mil outros pontos, novamente priorizando os bairros”, revela o prefeito.

O diretor-presidente do Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Idepplan), Lafayete dos Santos Luz, conta que como outros bairros já contemplados com o novo sistema, a iluminação no “Bela Vista e Novo Horizonte” era muito precária. “Neste bairro estão sendo utilizas três potências. De acordo com a característica do trecho estamos instalando lâmpadas de 100, 150 ou 250 watts”, diz.

Conforme cronograma do Idepplan, na sequência serão contempladas com nova iluminação a região do Recanto Mundo Novo e do Núcleo Vale Verde, onde serão substituídas 330 luminárias por novas vapor metálico, além do Parque Industrial da Juruba.
O contrato em vigência já beneficiou ao Jardim Colonial, jardins Aviação e Santos Dumont, residenciais Jaçanã, Sumatra I, II e III, Jardim Santiago e Residencial Interlagos. Os recursos são oriundos da Contribuição de custeio da iluminação pública (Cosip) e prevê, ao todo, a troca de 4.133 luminárias ultrapassadas de vapor de mercúrio e de vapor de sódio, por novas vapor metálico e também de tecnologia LED, em vias de maior movimento localizadas em diversos bairros e área central de Apucarana.

Compartilhe