Curso gratuito de meliponicultura é encerrado no Espaço Empreender

Alunos aprendem teoria e prática da criação de abelhas sem ferrão e com isso preservam espécies nativas e geram trabalho e renda

{"autoplay":"false","autoplay_speed":"3000","speed":"300","arrows":"true","dots":"true"}

Entre os dias 15 e 19 de fevereiro, o Espaço Empreender (Rua Byngton, 253), do Programa de Economia Solidária e Protagonismo Feminino, promoveu o Curso de Meliponicultura – Abelhas sem Ferrão, inteiramente gratuito. O curso teve um total de 32 horas, incluindo aulas teóricas e práticas, e ofereceu certificação para nove alunos.

O objetivo do curso foi a capacitação de empreendedoras e empreendedores solidários para a criação de abelhas nativas, ao mesmo tempo ajudando na preservação da natureza e oferecendo uma alternativa de geração de trabalho e renda.

Realizado numa parceria entre a secretaria da Mulher e Assuntos da Família com as secretarias municipais de Meio Ambiente e Agricultura, e com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), o curso teve o apoio da cooperativa de crédito Cresol. As aulas foram ministradas por Ramon Ponce Martins, engenheiro agrônomo e facilitador do Senar.

O conselheiro-presidente do Norte do Paraná da Cresol, Claudomiro Garcia, destacou o apoio da cooperativa de crédito aos produtores de mel. “Está no DNA da Cresol apoiar a agricultura familiar, financiando custeio e investimentos”, disse. “Queremos ainda agradecer a parceria com a Prefeitura de Apucarana, dando todo apoio que a iniciativa precisava, por meio de três secretarias municipais.”

Para o engenheiro agrônomo Ramon Ponce Martins, o curso tem alguns diferenciais que ajudam no aprendizado dos agricultores familiares. “A nossa ideia aqui é que se aprenda fazendo. E ensinamos a começar do zero. Os empreendedores agora têm conhecimento técnico para dar início às próprias criações das abelhas sem ferrão”, disse.

A secretária da Mulher e Assuntos da Família, Denise Canesin, representando o prefeito Junior da Femac, grande apoiador da iniciativa, enfatizou o fato de que o curso também vem ao encontro do projeto da Casa do Mel, que será um entreposto solidário de produtos apícolas. “Como nossa gestão se destaca pela transparência, estamos nos últimos arranjos documentais para que a iniciativa se concretize e nós possamos inaugurar mais esse espaço para a comercialização de produtos oriundos da economia solidária.”

 

Compartilhe
Skip to content