Prefeitura revitaliza lagoa na zona norte

Plano é executar projeto paisagístico e de urbanização que vai unir preservação do meio ambiente e opções de lazer para a população (Foto: PMA)

{"autoplay":"false","autoplay_speed":"3000","speed":"300","arrows":"true","dots":"true"}

Quem já circulou pelo Jardim Ponta Grossa sentido Núcleo Habitacional Dom Romeu Alberti, deve ter percebido uma área alagada repleta de taboas no final da conhecida “rua da paineira”, na Rua Rafael Sorpile, em trecho entre as ruas Jaime Broietti e São Tomé. A área, que na verdade é uma lagoa formada pelos córregos Tarumã e Ouro Fino, está sendo alvo de melhorias por parte da Prefeitura de Apucarana.

“Esta região da cidade já foi valorizada pela gestão Beto Preto com diversas obras, entre elas no sistema de mobilidade, com a viabilização de um grande projeto dentro do Programa Interbairros, e agora vamos revitalizar toda esta área da lagoa, executando um projeto paisagístico e de urbanização que vai unir preservação do meio ambiente e opções de lazer para a população”, anuncia o prefeito Júnior da Femac. “Apucarana, aos seus 76 anos, vive um novo tempo, de planejamento, de valorização dos recursos públicos, que são administrados com muita transparência e eficiência”, complementa o prefeito.

O serviço de limpeza, que consiste na remoção das taboas, é coordenado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente. No primeiro dia de trabalho mais de 50 caminhões de material orgânico foram retirados da lagoa, que tem cerca de 20 mil metros quadrados de área. “É um trabalho que vai durar cerca de um mês e está sendo executado em parceria com uma empresa. O Município contratou os serviços de maquinário e entra com a parte de transporte do material, que está sendo depositado em um terreno da prefeitura que fica bem próximo. Por se tratar de matéria orgânica, não há nenhum problema ambiental”, diz Sérgio Bobig, secretário Municipal de Meio Ambiente. O investimento no serviço é de R$16 mil.

Com a retirada das taboas, assinala o secretário, a água vai ganhar em qualidade beneficiando a fauna. “Todo este trabalho está sendo feito com muito cuidado, pois existem espécies animais vivendo por lá. Além de não afetar, esta limpeza está sendo benéfica pois o acúmulo de material orgânico no nível encontrado, absorve muito nitrogênio da água, prejudicando principalmente a vida aquática”, observa Bobig.

Com a conclusão da limpeza, a prefeitura vai colocar em prática o projeto paisagístico e de urbanização da área. “Importante salientar que trata-se de uma ação de preservação ambiental da gestão Beto Preto/Júnior da Femac, abrindo um novo local de contemplação e lazer para a população”, reforça Sérgio Bobig, secretário Municipal de Meio Ambiente. De acordo com ele, o córrego Tarumã nasce no Residencial Araucária, já o Ouro Fino, tem sua nascente no Jardim Diamantina.

Interbairros – Região com grande densidade populacional, as imediações da Lagoa Tarumã-Ouro Fino foram contempladas no ano passado com uma etapa do Programa Interbairros, iniciativa da gestão Beto Preto que interliga comunidades antes isoladas, criando novas alternativas para o trânsito. As melhorias, lembra o prefeito Júnior da Femac, envolveram a pavimentação asfáltica da Rua São Tomé, situada no Núcleo Habitacional Dom Romeu Alberti, alargamento e recape da “rua da Paineira” e a construção de via asfaltada interligando o Residencial Araucária e Jardim Ponta Grossa.

Compartilhe