Prefeito decreta luto oficial pela morte de Mário Ross

O pioneiro foi vereador, na legislatura de 1959/1963, chegando a ocupar a presidência da Câmara e até o cargo de prefeito – interinamente – durante o mandato do prefeito Marino Pereira (Foto: arquivo pessoal)

{"autoplay":"false","autoplay_speed":"3000","speed":"300","arrows":"true","dots":"true"}

O prefeito de Apucarana, Junior da Femac, decretou nesta quarta-feira, (4) luto oficial no município por três dias, em respeito ao falecimento do Sr. Mário Ross, aos 94 anos. O pioneiro foi vereador, na legislatura de 1959/1963, chegando a ocupar a presidência da Câmara e até o cargo de prefeito – interinamente – durante o mandato do prefeito Marino Pereira.

“Mário Ross construiu uma belíssima história em Apucarana, tendo a sua trajetória marcada engajamento voluntário nas causas sociais, em favor dos mais humildes”, lembrou Junior da Femac, ressaltando ainda que Ross, também teve participação ativa na Igreja Católica, tendo inclusive trabalhado na construção da Catedral Nossa Senhora de Lourdes, e dos prédios da prefeitura e da câmara.

Ao justificar o decreto de luto oficial em Apucarana, o prefeito acrescentou ainda que Mário Ross presidiu o Lar São Vicente de Paulo; foi presidente do Conselho Municipal do Idoso; presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, e recebeu do Legislativo Municipal o Diploma de Méritos em Tarefas Comunitárias.

“Manifestamos publicamente, em nome de todos os apucaranenses, nosso respeito ao Sr. Mário Ross e nosso profundo pesar pela perda deste valoroso pioneiro do Município. Que familiares e amigos sejam confortados por Deus, neste momento de muita tristeza”, comentou o prefeito Junior da Femac.

O corpo de Mário Ross será velado no plenário da Câmara Municipal de Apucarana, a partir da noite de hoje (4). O sepultamento será às 16 horas no Cemitério Cristo Rei.

Compartilhe