Bombons de páscoa serão entregues a pais de alunos

Chocolates foram comprados com antecedência e a distribuição será feita por agendamento para evitar aglomerações

{"autoplay":"true","autoplay_speed":"3000","speed":"300","arrows":"true","dots":"true"}

Apesar das aulas estarem suspensas, como medida de enfrentamento à pandemia de Covid-19, os alunos da rede municipal de ensino não ficarão sem comemorar a Páscoa. A Prefeitura de Apucarana organizou um cronograma especial para entregar caixas de bombons, que foram adquiridas antes do início da crise sanitária, aos pais das crianças.

Segundo a secretária de educação, Marli Fernandes, a entrega será realizada na próxima quinta-feira (9/4), seguindo os protocolos estabelecidos pelas autoridades de saúde. “Os pais dos alunos devem comparecer às unidades de ensino apenas no horário marcado para a turma do seu filho. As diretoras estão avisando os horários às famílias por telefone e pelas redes sociais. Pedimos gentilmente que todos respeitem o planejamento,” disse.

Ela esclarece que o processo licitatório para a compra dos bombons foi concluído em fevereiro e que a maior parte dos produtos já estava em estoque. “Recomendamos ainda que uma única pessoa de cada família vá ao CMEI ou Escola para retirar os chocolates. A preocupação com a saúde vem em primeiro lugar e, por isso, devemos evitar aglomerações. Os idosos, as crianças e as pessoas do grupo de risco devem permanecer em suas casas,” explicou a secretária.

Barras de chocolate sem açúcar, lactose, glúten e proteína animal também foram adquiridas para os alunos que possuem algum tipo de restrição alimentar. Aproximadamente 12 mil crianças serão beneficiadas com as guloseimas.

“Em períodos difíceis como o que estamos atravessando, eu acredito que a comemoração da páscoa seja ainda mais necessária. Afinal, ela simboliza a nossa esperança de que dias melhores virão,” afirmou o prefeito Júnior da Femac.

Ele aproveitou a ocasião e reforçou o pedido para que os apucaranenses cumpram o isolamento social que vem sendo recomendado pelas autoridades de saúde. “Nós precisamos do comprometimento de todos para refrear essa pandemia. Quanto mais disciplina nós tivermos para ficar em casa, mais rápido o perigo da contaminação passará e nós poderemos reabrir o comércio, retomar as aulas e voltar à rotina normal,” conclamou.

Compartilhe