Apucarana oferta aulas online para alunos da rede municipal

Em videoconferência, o prefeito Júnior da Femac e a secretária Marli Fernandes apresentaram a plataforma Google Classroom, que começa a ser utilizada na segunda-feira

{"autoplay":"true","autoplay_speed":"3000","speed":"300","arrows":"true","dots":"true"}

Mesmo com as aulas suspensas desde 23 de março, devido à pandemia de Covid-19, os alunos da rede municipal de Apucarana não ficaram distantes da aprendizagem. Eles vêm recebendo atividades pedagógicas para fazer em casa, correspondentes a cada dia letivo. E, a partir de agora, passarão a ter também aulas por meio da internet.

A Autarquia Municipal de Educação (AME) firmou parceria com a empresa Google for Education, para a utilização da plataforma de ensino a distância Google Classroom, que vai facilitar a comunicação entre professores e alunos.  O prefeito Júnior da Femac, a secretária Marli Fernandes e os consultores da Google, Marcelo Lopes e Fabiana Souza, fizeram a apresentação da ferramenta, aos pais das crianças e à comunidade em geral, em videoconferência apresentada na tarde de hoje (15/5).

Um levantamento prévio, feito pela AME, verificou que 96% dos alunos da rede municipal têm acesso à internet nas próprias casas. “Mas, nós ofereceremos soluções alternativas às famílias que não conseguirem utilizar o Google Classroom por falta de computador, celular ou wi-fi. Os pais podem ficar tranquilos que nenhuma criança será deixada para trás no processo de ensino e aprendizagem,” garantiu a secretária de educação.

As aulas online vão abranger aproximadamente 9,2 mil alunos, das turmas de Pré I ao 5° ano, de 35 escolas municipais. “Elas serão diárias, com duração média de uma hora e conteúdo específico de acordo com o ano em que o aluno está matriculado. As crianças dos CMEIs também serão contempladas com atividades, mas estas precisam ser ainda mais lúdicas e um pouco menos frequentes, por estamos lidando com a primeira infância,” acrescentou a secretária.

O prefeito Júnior da Femac lembrou que o uso da tecnologia já faz parte do processo de ensino e aprendizagem na rede municipal de Apucarana. “Há três anos, nós investimos cerca de R$ 3,3 milhões para equipar todos os nossos CMEIs e escolas com notebooks, netbooks, tablets, lousas digitais e internet. Os professores passaram por capacitação, ofertada em parceria com a Universidade Federal do Paraná, campus de Jandaia do Sul, e aprenderam a integrar as mídias digitais ao conteúdo curricular. Atualmente, os laboratórios itinerantes de informática percorrem as salas de aula,” disse.

A iniciativa de (Re)Inovação Tecnológica nos CMEIs e Escolas foi reconhecida como Projeto Inovador pela Rede Cidade Digital, nos fóruns de Marialva e Cascavel, e conquistou o Prêmio Gestor Público Paraná, conferido pelo Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná (SINDAFEP), em 2019.

“A pandemia de Covid-19 está exigindo que todos mudem suas rotinas e se reinventem. Não é diferente com os profissionais da educação. Eu agradeço sinceramente aos diretores, coordenadores e professores da rede municipal, que não poupam esforços para aprender habilidades novas e transpor as aulas para o vídeo,” parabenizou o prefeito.

A empresa Google for Education está ministrando a formação continuada necessária aos educadores neste momento. “Depois que o perigo da pandemia passar e as aulas presenciais forem retomadas, nós continuaremos a utilizar a plataforma Google Classroom dentro do nosso projeto de (Re)Inovação Tecnológica nos CMEIs e Escolas,” afirmou a secretária.

A partir da próxima segunda-feira (18/5), os professores da rede municipal de Apucarana começarão a enviar o link de acesso e as orientações para a utilização da plataforma Google Classroom aos pais dos alunos.

Quem não pode assistir ao vivo ou deseja assistir novamente à videoconferência de hoje (15/5), basta clicar em https://www.youtube.com/watch?v=fGEwv0aT5cQ&feature=youtu.be.

Compartilhe