Apucarana investe R$ 2,5 milhões na reforma de mais 8 escolas municipais

Anúncio foi oficializado na noite de ontem, em evento realizado no Cine Teatro Fênix (Fotos: Profeta)

{"autoplay":"true","autoplay_speed":"3000","speed":"300","arrows":"true","dots":"true"}

O prefeito Beto Preto deu ordem de serviço, ontem (23), para a realização de obras em mais oito unidades de ensino. A solenidade, realizada no Cine Teatro Fênix, teve a presença de secretários, diretores de escolas e pais de alunos, além de servidores da Autarquia Municipal de Educação (AME).

Os contemplados nesse novo pacote de reformas e ampliações de prédios escolares são o Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) José Ignácio Neto e as Escolas Municipais Antonieta da Silva Lautenschlager, Dr. Joaquim Vicente de Castro, Papa João XXIII, Professora Marta Pereira da Silva, Presidente Médici, José de Alencar e Wilson de Azevedo. Os investimentos somados totalizam R$ 2.555.414,31.

Também prestigiaram o evento os vereadores Mauro, Bertoli, Marcia Sousa, Lucas Leugi, Sidrin, Poim e Luciano Molina. E, durante a solenidade, a AME entregou certificados para todas diretoras de escolas, em reconhecimento pela nota do IDEB alcançado pelas escolas, colocando Apucarana em primeiro lugar no ranking no Paraná.

O prefeito Beto Preto revelou que, desde 2013, Apucarana já investiu, com recursos próprios, 39 milhões na reforma das unidades de ensino. “Este não será o último evento do ano. Eu lancei mais um desafio ao departamento de engenharia. Faltam ainda reformar seis prédios de um total de sessenta. E nós investiremos mais uns cinco milhões nessas obras”, anunciou o prefeito Beto Preto.

“No final de ano, com a folha de pagamento dobrada, é uma grandiosa conquista conseguir investir R$ 2,5 mi em reformas de escolas. Os resultados desse trabalho já estão sendo vistos na nota do IDEB”, assinalou o presidente da Câmara, Mauro Bertoli.

A secretária de educação, Marli Fernandes, destacou que essas obras são importantes para que alunos, professores e funcionários tenham um ambiente prazeroso, confortável e seguro. “Destaco também os resultados positivos que Apucarana vem obtendo na educação, com nota 7,5 no Ideb, mais de 1.300 medalhas conquistadas na Olímpiada Brasileira de Astronomia (OBA), e ainda por participar entre os finalistas do Prêmio Jabuti esse ano”, ressaltou a secretária.

O deputado eleito José Aparecido Jacovós, disse ser fantástico o município de Apucarana investir R$ 2,5 milhões, com recursos próprios na reforma de escolas. “Para conseguir isso, é necessário ter uma gestão responsável e transparente. Na assembleia legislativa, eu e o Arilson Chiorato estaremos lutando por mais recursos para a nossa cidade. Apucarana pode contar comigo na segurança e na educação”, discursou Jacovós.

CONFIRA OS INVESTIMENTOS:

CMEI José Ignácio Neto – Localizado no Núcleo Michel Soni, o CMEI José Ignácio Neto ficará com a maior fatia dos recursos: R$ 546.937,54. A empreiteira Reconstrul Construções Civis ganhou o processo licitatório e será responsável pela reforma de 187,62 m2 e ampliação de outros 317,21 m2. “A creche praticamente triplicará de tamanho e o atendimento deve saltar das atuais 65 para 115 crianças,” adianta a secretária municipal de educação, Marli Fernandes.

Escola Antonieta da Silva Lautenschlager – Outra obra bastante aguardada pela população é a da Escola Antonieta da Silva Lautenschlager, no Jardim Presidente Kennedy. Construído há quase 40 anos, o prédio nunca passou por uma grande reforma. “Quando chove um pouco mais forte, as salas de aula ficam alagadas. Os alunos cadeirantes também não conseguem ter acesso ao piso superior, pois isso só é possível através das escadas,” detalha a diretora da instituição, Adilene Nogueira Ananias.

O projeto de engenharia prevê a revisão de toda a cobertura, com substituição de calhas, rufos e telhas, a troca do forro, a instalação de mantas térmicas, a troca dos pisos, a colocação de novas portas e janelas, a revisão das esquadrias danificadas, a melhoria dos sanitários, a construção de rampas de acessibilidade, a reforma da quadra de esportes e a pintura interna e externa da edificação. A Construtora Deka deve receber R$ 534.209,85 para a reforma de 1.490,59 m2 e a ampliação de 83,14 m2.

Escola Papa João XXIII – Serviços semelhantes devem ser feitos na Escola Papa João XXIII, na Vila Regina. O prédio passará pela troca das telhas, do forro, dos beirais e do piso, a aplicação de mantas térmicas nas salas de aula, a revisão dos sistemas elétrico e hidráulico, a instalação de novas portas e janelas e a adequação das rampas com colocação de corrimãos e guarda corpos. A quadra esportiva será reformada, com instalação de telhas metálicas novas, recuperação do piso e substituição dos alambrados. Já a ampliação refere-se à construção de um sanitário, ao aumento da cozinha e à execução de cobertura nas rampas e acessos. A empreiteira Vitti Construtora e Incorporadora arrebatou essa licitação e deve receber R$ 436.553,98 pela execução das benfeitorias.

Escola Dr. Joaquim Vicente de Castro – Os 328 alunos da Escola Dr. Joaquim Vicente de Castro, na Vila Santa Rosa, também vão desfrutar de um prédio moderno e acolhedor a partir do ano que vem. Entre os serviços que a Construtora Deka deve executar estão troca do forro, instalação de mantas térmicas, substituição dos pisos, melhorias na quadra esportiva, construção de um novo banheiro para os funcionários, aumento do sanitário masculino dos alunos e implantação de cobertura no pátio e entre os blocos 1 e 2. A reforma de 1.360,52 m2 e a ampliação de 115,14 m2 exigirão investimentos da ordem de R$ 373.227,49.

Escola Wilson de Azevedo – A prefeitura de Apucarana acredita que todas as crianças merecem as mesmas oportunidades de aprendizagem, independente delas morarem na zona rural, nos bairros ou na região central da cidade. Por isso, a Escola Wilson de Azevedo, do distrito de Caixa de São Pedro, entrou no pacote de obras.

A reforma de 544,25 m2 envolve a troca completa do telhado, a colocação de mantas térmicas, a substituição do forro e dos pisos, a execução de novas instalações elétricas, a revisão das instalações hidráulicas e a reforma da cozinha, da lavanderia, do depósito de merenda e dos sanitários dos professores. Já a ampliação de 69,96 m2 destina-se à implantação de cobertura em todas as rampas e acessos.  A empreiteira Reconstrul ficará responsável pelo trabalho. O investimento soma R$ 296.598,31.

Escola Professora Marta Pereira da Silva – Na Escola Professora Marta Pereira da Silva, do Jardim Menegazzo, a reforma abrangerá as salas de aula, as áreas de serviço e de circulação, e a quadra esportiva. Os principais serviços previstos são a troca dos beirais, do forro e do piso, a execução de melhorias no banheiro dos professores, a construção de depósitos para materiais didáticos e produtos de limpeza, a construção de um sanitário para funcionários, a ampliação da lavanderia, da cozinha, da sala da pré-escola e da sala dos professores, e a implantação de cobertura na rampa de acesso entre o portão e o prédio. Já a quadra esportiva passará pela troca das telhas, recuperação e pintura do piso, fechamento lateral e substituição dos alambrados.

O valor investido pela prefeitura na reforma de 864,96 m2 e na ampliação de 85,64 m2 é de R$ 272.763,13. A empreiteira Vitti é a vencedora da licitação.

Escola Presidente Médici – A Escola Presidente Médici já passou por completa revitalização no valor de R$ 670 mil. A entrega das obras à comunidade do Jardim Apucarana ocorreu no mês de outubro. Nesse momento, a unidade recebe investimentos de R$ 22.639,76, que serão aplicados na reconstrução parcial do seu muro.

Escola José de Alencar – Do mesmo modo, a escola do distrito de Vila Reis recebeu investimentos de R$ 460 mil no ano passado, quando a reforma e ampliação do prédio foram realizadas.

A Autarquia Municipal de Educação ainda empregou outros R$ 180 mil na aquisição um lote de 526 m2 anexo à unidade de ensino.  Na noite de ontem (23), o prefeito Beto Preto autorizou a realização de adequações nesse terreno, no valor R$ 72.484,25, onde posteriormente será implantada uma área de lazer para os alunos.

Compartilhe