Prefeitura vai ampliar atendimentos online e por agendamento

Além de serem uma tendência na gestão pública, uso da tecnologia também contribuirá para evitar a aglomeração de pessoas e deslocamentos desnecessários.

{"autoplay":"false","autoplay_speed":"3000","speed":"300","arrows":"true","dots":"true"}

O prefeito de Apucarana, Junior da Femac, reuniu nesta terça-feira (14/04) a equipe do Departamento de Tecnologia da Informação (DTI) e pediu a ampliação de serviços online. Outra medida solicitada aos secretários é a criação de fluxogramas nos respectivos setores para que o atendimento presencial, quando for necessário, seja feito por prévio agendamento.

O prefeito afirma que os serviços online, além de serem uma tendência na gestão pública, também contribuirão para evitar a aglomeração de pessoas e deslocamentos desnecessários nesta fase de enfrentamento da pandemia do coronavírus. “Alguns setores, como o de tributação, já estão bem estruturados e oferecem grande parte dos serviços digitalmente, necessitando apenas fazer alguns ajustes para facilitar ainda mais o acesso”, pontua.

Entre os serviços online já disponibilizados pela Secretaria Municipal de Fazenda estão a emissão de certidão negativa, a geração de guias de recolhimento, abertura de empresas, impressão de carnês de impostos e taxas como IPTU e ISS, solicitação e renovação de alvará, emissão de Nota Fiscal Eletrônica, entre outros.

A intenção, conforme o prefeito, é fazer com que os serviços online sejam ofertados amplamente também em outros setores, como a Secretaria Municipal de Obras. Atualmente, cerca de 40 processos tramitam diariamente no setor, sendo que a maioria deles exige o atendimento presencial. “O objetivo é criar um fluxograma no site da Prefeitura, onde a pessoa poderá fazer o encaminhamento de pedidos como certidão de endereço, Habite-se e aprovação de projetos”, cita o engenheiro Herivelto Moreno, secretário municipal de Obras.

Com o objetivo de evitar filas e aglomeração, o prefeito também solicitou a ampliação do atendimento por prévio agendamento nas secretarias. “Já tivemos experiências como na área da assistência social, quando foi adotado o agendamento para o fornecimento da cesta básica, evitando a formação de filas. Na liberação de crédito emergencial para microempreendedores, essa sistemática também foi colocada em prática e pretendemos agora ampliá-la ”, afirma Junior da Femac, solicitando a compreensão das pessoas.

Compartilhe